Felicidade é sentir !

 

O que é felicidade para você?

Passamos muito tempo buscando essa tal felicidade, sonhando com o dia em que tudo estará em ordem (nossos corpos, nosso trabalho, nossa autoestima, nossas relações) para finalmente podermos viver. Para muitas pessoas, o mundo ideal seria aquele no qual só haveria coisas boas, pensamentos positivos e conquistas infinitas.

 

Essa busca pela felicidade inabalável aparece em nosso dia a dia e em nossos consultórios de diversas maneiras: desde o “não fala que atrai” dito pelas nossas mães e avós, até ao paciente angustiado que relata não gostar “nem de pensar” nos momentos difíceis de sua história, tanto do presente, quanto do passado. Aparece em nossa sociedade, nos discursos de “boas vibrações” e no silêncio desconfortável que vivenciamos quando alguém no grupo fala que está triste – ou então no “não fica assim!”, meio desajeitado, que dizemos aos amigos que estão sofrendo.

 

Sofrer dói, mas tentar evitar o sofrimento a qualquer custo não só é muito trabalhoso, como também é absolutamente impossível! É importante compreendermos que a vida afetiva (nossas emoções e sentimentos, positivos ou negativos) nos torna humanos e nos ajuda a perceber o mundo ao nosso redor, assim como a orientar nossas decisões e parametrizar nossos limites.

 

Todos nós vivemos dias em que não estamos bem, todos nós experimentamos sentimentos como a raiva, tristeza, inveja e está tudo bem! Perceber e acolher o que sentimos é um passo importante para lidarmos conosco e com nossas emoções de uma maneira mais equilibrada. Você já parou para pensar para onde estão indo os sentimentos que você pode estar tentando não sentir? Talvez, reprimi-los não seja a melhor opção!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *