Adolescentes e o Risco de Desenvolver a Obesidade.

Em meio aos 20 alimentos mais consumidos pelos adolescentes brasileiros, as frutas perdem a força no ranking. Dados levantados para a pesquisa “Riscos Cardiovasculares em Adolescentes” que foi realizado pelo ministério da saúde e pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) indica o índice de 8,4% de obesidade em meninos e em meninas entre de 12 a 17 anos.

A pesquisa mostra que dieta de adolescentes brasileiros caracteriza-se por arroz (82%), feijão (68%), ingestão de bebidas açucaradas (56%), ingestão de alimentos ultra processados, exemplo refrigerantes (4,5%), salgados fritos e assados (21,88%), o refrigerante é o sexto alimento mais referido na pesquisa. Outra pesquisa feita entre 1970 e 2015 (America do Norte, Europa, Australia , Nova Zelândia e Leste e no sul da Ásia) com relação a indivíduos que tem a obesidade grave pode acontecer a diminuição da expectativa de vida em 10 anos, além disso o estudo afirma que estar alguns quilos acima do peso pode significar viver menos.

Se todas as pessoas com sobrepeso e obesidade tivessem níveis normais de IMC evitaria uma em cada cinco mortes prematuras que ocorrem na América do Norte e uma em cada sete que ocorre na Europa, por exemplo.

Os cuidados com a alimentação de forma equilibrada componentes ricos para a dieta sem exagero são fundamentais para a saúde e bem estar.

Fonte: Revista Obeso n° 82.

14344164_1771662023089697_5966984749568831328_n

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *