O “Projeto Verão” não faz sentido!

     O “projeto verão” já é uma tendência que surge nessa época do ano há algum tempo. De maneira geral, envolve um pensamento significativo de querer emagrecer ou mudar o corpo em pouco tempo para “ficar bem” no verão. É também o período em que tem um número consideravelmente maior de pessoas nas academias e em que é muito mais comum as pessoas se alimentarem de refeições “fitness” e saudáveis, independentemente de suas vontades. Mas eu lhes pergunto: o que o verão tem de especial? Afinal, cada um de nós tem que conviver com o próprio corpo todos os dias, seja ao nos olharmos no espelho, colocando roupas ou se sentando numa cadeira, por exemplo. O julgamento para com o nosso corpo está lá, e se estamos insatisfeitos, isso já ocorre em outras estações.

     Nessa estação, considerando praia, piscina ou roupas de calor em que o corpo fica mais amostra, o nosso corpo chega de maneira mais clara ao olhar do outro o que parece ter uma significância maior do que o nosso próprio olhar sobre nós mesmos. Então tudo bem passarmos o resto do ano insatisfeitos com nossos corpos, mas os outros não podem ver nem saber disso? A preocupação com essa imagem que será transmitida ao outro parece ser mais importante do que a própria motivação para cuidar de si. E Isto é um problema!

     A questão é que a nossa autoestima não depende de terceiros, mas de nós mesmos! Quem tem problemas de autoestima sabe bem, não importa quanto uma pessoa te elogie, você precisa sentir isso de forma natural. Mas como você busca melhorar a sua autoconfiança se o esforço que faz para emagrecer, por exemplo, é baseado no que o outro tem a dizer? O que você faz com a insatisfação que estava lá antes dos outros verem seu corpo? Ela também é importante.

     Esse esforço todo que envolve a época do verão também acaba por criar uma dicotomia entre dois momentos: o que usamos muita roupa então não é necessário nos cuidar e o momento em que vamos mostrar nosso corpo, em que tem que haver um esforço máximo para mantê-lo “adequado”. Esse pensamento é totalmente oposto de uma criação de hábitos saudáveis, o estabelecimento de um corpo que te agrade para a vida e a formação de uma boa autoestima.

     Você não precisa de “projeto verão”! se existe uma insatisfação, tente ir atrás de uma solução para ela, em todas as estações do ano, uma só não vai ajudar nisso por muito tempo. Pode começar no verão, mas procure algo que faça sentido também quando chegar o outono, o inverno e a primavera.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *